Tendinite do manguito rotador em operadores de caixa de supermercado:

contributos para a vigilância de saúde 

Autores: Silva Pereira Rita, Serranheira Florentino, Lopes Fátima, Ribeiro P Ricardo, Sousa Uva António

Resumen

Contexto: A tendinite do manguito rotador (TMR) é frequente em operadores de caixa de supermercado devido às exigências do trabalho. É, de facto, frequente a realização de movimentos repetitivos de abdução e flexão dos membros superiores, muitas vezes em carga, que podem causar inflamação dos tecidos periarticulares do ombro, desencadeando sinais e sintomas de TMR. Objetivos: Conhecer a prevalência de TMR em operadores de caixa de supermercado por meio da avaliação de sintomas, sinais e ecografia. Métodos: Participaram 44 trabalhadores com idades entre 28 e 47 anos. Eles preencheram um questionário de queixas autorreferidas aos ombros e realizaram exame objetivo (manobras do arco doloroso, do conflito subacromial e abdução resistida do ombro) e ecografia de tecidos moles. Resultados: Identificaram-se queixas de dor no ombro em 26 operadores à direita (59,1%) e em 16 (36,4%) à esquerda. Ao exame objetivo, 15 e 11 trabalhadores (34,1% à direita e 25,0% à esquerda, respetivamente) apresentaram positividade nas três manobras. Na ultrassonografia foram encontradas alterações no ombro direito e esquerdo em 16 e 17 operadores (36,4 e 38,6%, respetivamente). Não foi encontrada concordância estatística entre as três abordagens. A “manobra de abdução resistida do ombro” revelou boa relação com as queixas de dor no ombro (÷2Wald (1) = 7,260; p = 0,007). Obtiveram-se resultados semelhantes de associação entre essa manobra e a avaliação ecográfica (÷2Wald (1) = 6,854; p = 0,009; ROC = 0,714, sensibilidade 75%; especificidade 67,9%). Conclusões: Os resultados obtidos sugerem que a “manobra de abdução resistida do ombro” é preditiva de TMR na vigilância médica desses trabalhadores. Tal deverá ser verificado em futuros estudos, designadamente envolvendo amostras de maiores dimensões.

Palabras clave: Medicina do trabalho tendinopatia LER-DORT vigilância da saúde.

2017-06-23   |   475 visitas   |   7 valoraciones

Vol. 15 Núm.2. Abril-Junio 2017 Pags. 158-166 Revista Bras. Med. Trab. 2017; 15(2)