Doenças de pele entre trabalhadores rurais expostos a radiação solar.

Estudo integrado entre as áreas de Medicina do trabalho e Dermatologia 

Autores: Hayashide Juliana Midori, Sgura Minnicelli Rogério, Camilo de Oliveira Octávio Augusto, Mayumi Sumita Juliana, Mie Suzuki Nathalie, Albuquerque Zambianco Cintia, Framil Valéria Maria de Souza, Morrone Luiz Carlos

Resumen

Contexto: Acadêmicos da área de saúde, médicos residentes e professores reuniram-se num projeto para as¬sistência à população carente em Itapeva (SP), em janeiro de 2009. Observaram número significativo de lesões de pele entre os examinados. Objetivo: Identificar casos de doenças eventualmente associadas ao trabalho e analisar riscos ocupacionais presentes. Métodos: (1) Reavaliação do histórico ocupacional de 11 pacientes com lesões cutâneas diagnosticadas pela Dermatologia, que a Medicina do Trabalho associou às ocupações. (2) Avaliação das condições de trabalho dos pacientes que eram plantadores de tomates. Resultados: Dentre os 701 atendimentos realizados pelas diversas especialidades, 143 pacientes foram identificados como porta¬dores de problemas dermatológicos. Nesse grupo, 11 apresentavam lesões cutâneas com provável associação à exposição solar. As lesões cutâneas encontradas foram, na maioria, fotoenvelhecimento e ceratose actínica. A região do corpo afetada foi associada à exposição solar ocupacional. Conclusão: Entre os riscos ocupacio¬nais a que os trabalhadores rurais estão expostos destaca-se a exposição à radiação ultravioleta solar, que tem sido relacionada com alterações crônicas da pele, como as identificadas nesses pacientes. Nenhuma legislação obriga o uso do protetor solar, mas seu uso pode ser indicado em áreas específicas da pele em que o equipa¬mento de proteção individual (EPI) não possa em absoluto conferir a proteção desejada. A amostra de pacientes, embora pequena, destaca a força de associação do risco laboral entre os trabalhadores rurais e as doenças de pele. É necessária a realização de biópsia de pele para complementação do estudo. A procura ativa e sistemá¬tica de dermatoses em trabalhadores rurais deve ser incorporada ao exame periódico de saúde nesse grupo. A identificação das doenças a que os trabalhadores rurais estão expostos e a sua associação com as condições de trabalho tornam necessária a criação de políticas públicas que possam prevenir essas doenças entre eles.

Palabras clave: Dermatopatias trabalhadores rurais radiação solar Medicina do Trabalho Dermatologia saúde do trabalhador.

2011-04-18   |   1,382 visitas   |   Evalua este artículo 0 valoraciones

Vol. 8 Núm.2. Julio-Diciembre 2010 Pags. 97-104 Revista Bras. Med. Trab. 2010; 8(2)